Buscar
  • Marco Turrini

Treino aeróbico: Ganhe Força e perca peso

A primeira coisa que você pensa quando falam sobre exercícios aeróbicos é na sua corrida, não é? Mas há muito mais opções por aí – elas podem ajudar a melhorar seu desempenho e a bater o recorde pessoal.

Estes exercícios são exercícios complexos. Recrutam múltiplas articulações e mais de um grupo muscular. Eles melhoram a coordenação e elevam a frequência cardíaca mais rapidamente. Além disso, permitem que uma pessoa faça um treino de corpo inteiro em menos tempo e imite os movimentos da vida real. Um treino HIIT também queima mais calorias do que um treino cardiovascular lento e estável ( caminhada ou trote).

Então, procure fazer os exercícios aeróbicos duas a três vezes por semana. Se você for iniciante nesse tipo de treino, perceberá que as mudanças acontecem rapidamente. Normalmente, leva cerca de três a quatro semanas para o corpo de alguém ajustar-se ao treinamento para que os resultados melhorem. Com o tempo, você pode perder peso e ganhar força.

A prática aumenta a capacidade do corpo em absorver e usar o oxigênio. Isso faz muita diferença nas atividades do cotidiano, evita a fadiga e dá mais disposição", avalia. "Os aeróbicos também mantêm o coração saudável, liberam hormônios do bem-estar e auxiliam na longevidade, já que o coração é um músculo e, quando trabalhado, se torna ainda mais eficiente". Fora o auxílio na saúde física, os exercícios aeróbicos também colaboram para a melhora da saúde mental. "A modalidade ajuda no controle do estresse e da ansiedade, através da liberação de alguns hormônios - como a serotonina e a endorfina -, melhora a qualidade do sono e pode contribuir de forma positiva no tratamento da depressão.

Ao olhar a quantidade de benefícios que os aeróbicos promovem, podemos até imaginar que as atividades são extremamente complicadas ou que exigem grandes esforços, mas isso é apenas uma ilusão, é possível realizar uma série de exercícios prazerosos e com o uso de materiais simples. "Pular corda, por exemplo, é um movimento que trabalha os músculos do corpo como um todo, principalmente os membros inferiores e os músculos do core. Além do trabalho cardiorrespiratório, a corda também auxilia na coordenação motora e no equilíbrio.

Alguns exercícios fáceis de fazer:

Pular corda

Polichinelo

Subida e descida do step

Corrida em zig zag entre cones

Salto sobre caixas

Corrida na escada de agilidade

Agachamento com saltos

Prof: Marco Turrini cref:125340G/SP


5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo